Aumentam as chances de Pablo Marçal disputar o segundo turno para presidente do Brasil!


O encontro de Pablo Marçal com com Bivar muda de forma efetiva, os rumos da eleição em pauta para presidente do Brasil

Texto escrito pelo jornalista Walter Brito

Sabemos que eleição para presidente da República sempre foi coisa para profissionais. A eleição da Pandemia da Covid 19 que já perdura dois anos e meio e matou 673 mil brasileiras e brasileiros de todos os rincões, tornou o pleito do dia 2 de outubro imprevisível e admite um adendo: é também coisa de profissionais da política partidária junto com profissionais da área empreendedora. Esta é a origem do jovem de 35 anos Pablo Marçal, que embora não conheça os meandros da política partidária, ele conhece a política da alta cúpula empresarial aqui em nosso país e no exterior.

Pablo Marçal e Marcus Holanda, presidente nacional do PROS (foto) estão afinados com o projeto do partido rumo ao Palácio do Planalto


Obviamente que o encontro ontem à noite, 5/7, no União Brasil no DF, entre Marçal e Bivar mexeu com os estrategistas José Dirceu e Carlos Bolsonaro. E também deixou duas pulgas atrás das orelhas de Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva, pois vem coisa pesada aí e nunca vista em nossas eleições.

Pablo Marçal esteve no último domingo na cidade de Campinas -SP, quando foi ouvido por centenas de pessoas na pré-campanha

Ao que tudo indica, o encontro foi proveitoso, ocorreu uma grande reciprocidade entre Pablo Marçal (PROS) e Luciano Bivar (União Brasil), com o aval do presidente nacional do PROS, Marcus Holanda, que se encontrava na sede da legenda na Avenida Paulista na Pauliceia, mas foi informado por Pablo de todos os detalhes do encontro histórico.


O imposto único foi o primeiro ponto de convergência no pensar dos dois líderes que podem mudar a polarização entre Lula e Bolsonaro e dar novos rumos à disputa que ocorrerá dentro de 88 dias. O tempo de TV ao dispor do jovem eloquente e conhecedor profundo dos problemas do Brasil facilita a ele tornar-se conhecido em tempo recorde nos quatros cantos de nosso país de dimensões continentais, caso ocorra o acordo discutido entre Bivar e Marçal. Outra questão fundamental, trata-se dos recursos financeiros que se tornarão robustos e suficientes para uma campanha presidencial que promete ser diferente de todas e a mais disputada de nossa história política. Vale ressaltar ainda que Pablo Marçal, mesmo sem nenhuma composição, já começou a cair na graça do povo Brasileiro, que lhe deu 1% de intenção de votos segundo o Data Folha, nos primeiros 18 dias de sua pré-campanha, o que é inusitado numa campanha presidencial no Brasil.

Na foto, Pablo Marçal e a Fátima Pérola Neggra, uma possível pré-candidata a vice-presidente


Vale acrescentar, também, que em recente encontro com 14 embaixadores do Continente Africano em Brasília, Pablo afirmou a este repórter que sua intenção era ter como vice uma mulher negra e divorciada. Como o aperto de mãos de Bivar e Pablo foi muito forte e sincero, acreditamos no potencial de Fátima Pérola Neggra para ajudar o Pablo ir para o segundo turno. Ela foi cogitada para ser vice do presidenciável do PROS no início da caminhada.

Certamente ela deverá continuar no páreo, até porque Fátima tem preparo intelectual para tal e obteve 750 mil votos para vice-governadora em São Paulo na eleição de 2018, além de estar sendo cogitada para disputar novamente a vice governadoria, numa chapa competitiva rumo ao Palácio dos Bandeirantes. Ela tem a prerrogativa de poder se filiar no período das convenções partidárias e no partido mais conveniente, pois é militar da ativa. O União Brasil é formado por homens e mulheres de muita sabedoria e sensibilidade, e certamente saberão reconhecer que o Brasil tem uma dívida histórica com a comunidade negra brasileira. A hora é esta. A nação brasileira espera!

Postar um comentário

0 Comentários